Sono do Bebê

Sono do bebê: Como fazer meu filho dormir à noite toda?

Toda grávida ouve: aproveita pra dormir. É clichê mas é verdade. Após o nascimento do bebê a vida dos pais se transforma e o principal ponto é dormir, ou melhor, não dormir, hehehe.

Nos primeiros meses achei que nunca mais ia dormir na minha vida. Mas se você está nessa fase, te digo: Calma. Vai melhorar.

Para cada família esse tempo de melhora é diferente, porque as crianças são diferentes e os costumes da casa também.

Mas vou dar aqui algumas dicas que podem te ajudar:

  • Aceite o fato de que nos três primeiros meses o sono será raro.
    (O sono do bebê é diferente do adulto. Ele está se adaptando ao mundo aqui fora. Ele dorme e acorda por curtos períodos. Salvo raras exceções, a grande maioria não dorme mais do que duas horas seguidas. Então meu primeiro conselho é: ACEITE. Entenda que é uma fase. E vai passar).
  • Peça ajuda. Aceite ajuda!
    (se você for como eu, controladora, vai achar que você tem que fazer tudo, que só você sabe fazer. Isso é uma furada. Peça ajuda, aceite e confie).
  • Nos três primeiros meses quem manda na rotina é o bebê.

(tem que não concorde com esse pensamento, mas tudo bem. Eu penso assim: Nos três primeiros meses o bebê é totalmente indefeso. Existe a teoria da exterogestação. Pesquise sobre isso. Então dê muito colo, nine sim, amamente em livre demanda.

 

 

Agora vamos para a segunda etapa. Após os três meses do bebê você pode começar a ensinar o bebê a dormir. Sim, eles precisam aprender. Como fazer isso? Com rotina. Agora é sua vez de começar a estabelecer rotina. Com calma, respeitando seu filho, com muito amor.

 

1.Não pule cochilos
(não acredite naquela frase: deixe  bebê acordado de dia pra cansar e dormir bem à noite. Não é verdade. Quanto mais cansado e irritado o bebê estiver, pior o sono da noite.

 

2.Observe o padrão do seu filho, com base nesse padrão estabeleça rotina, com alguns toques do que você deseja.

 

3.Crie rotina do sono (siga sempre os mesmos passos para o sono da noite. Pode ser: banho com luz baixa, historinha, peito e depois coloca no berço).

 

4.Coloque no berço. (eu sei que tem mães que são adeptas à cama compartilhada, respeito. Mas eu, Miriam, não fiz. Nas poucas vezes que dormi com Monalisa junto, meu sono ficava ainda pior e ela me requisitava mais. Pelos relatos de mães que ouço, quando o filho dorme junto acorda muitas vezes durante a madrugada. Por tudo isso recomendo que coloque para dormir no berço.

 

 

“Mas miriam, se colocar no berço, como vou fazer livre demanda? Meu filho não vai parar de mamar no peito?”Eu amamentei Monalisa até 2 anos e 3 meses, então, não. Berço não significa desmame.

 

Como eu fiz? Deixava babá eletrônica ligada. Quando ela chorava eu ia até ela, tirava do berço, dava peito na poltrona do quarto dela, até ela dormir e  aí colocava no berço de novo. É cansativo? É. Eu ficava doida pra deitar, mas a longo prazo vi que foi melhor assim. Dessa forma ela acostumou com o berço e conforme os meses foram passando, cada vez acordava menos. Com um ano passou a dormir à noite inteira.

 

O bebê precisa aprender a dormir sozinho. Se a mãe está deitada do lado ele cria dependência do cheiro, do toque e a qualquer “pequeno despertar” ele vai procurar a mãe.

 

E veja bem, em nenhum momento eu falei para DEIXAR A CRIANÇA CHORAR SOZINHA.  Eu nunca deixei. Sou contra. Um chorinho, no começo vai acontecer, mas eu pegava no colo, acalmava, dava peito e colocava no berço de novo. Aos poucos, vai acostumando. Tudo é questão de PACIÊNCIA E PERSISTÊNCIA.

Jornalista, pedagoga, mãe e muito mais. Repórter na TV MS RECORD, Revista Celebrar e FM CIDADE 101. Mas o foco desse perfil é falar de MATERNIDADE.

Deixe seu comentário