As mães

Dá para continuar oferecendo leite materno trabalhando fora?

Eu voltei ao trabalho quando a Monalisa fez 5 meses. Um mês antes e só pensava em uma coisa: Como vou fazer? Será que vou ter que inserir fórmula? Como vou tirar leite em quantidade suficiente para ela não passar fome? Será que meu leite vai acabar?

Não é fácil minhas amigas, já aviso que não é fácil. Mas é possível e vale à pena. Vou dar algumas dicas do que deu certo comigo, claro que cada uma tem uma realidade, aí você adapta, ok?

Eu comecei a extrair leite quando Monalisa tinha três meses, porque estava tendo muito leite e tive mastite. Comprei uma bomba manual, mas demorava muito para tirar. Então comprei uma elétrica. Tentava tirar à noite antes de dormir, porém nesse horário o peito não estava tão cheio. Então, comecei a tirar de manhã. O leite que eu extraía eu guardava e deixava com minha mãe ou minha sogra, porque assim eu conseguia dar umas “escapadinhas” mais tranquila. Só que aí veio um problema: Monalisa NÃO ACEITAVA MAMADEIRA. Tentamos vários modelos. Nada. Me desesperei. Pensei: Como vai ser quando voltar a trabalhar?


O tempo foi passando percebemos que ela aceitava melhor dando o leite materno no copo, aquele pequeno de cachaça. (Depois descobri que usar copo é o mais indicado para não ter confusão de bicos)
10 dias antes de eu voltar a trabalhar comecei a fazer estoque de leite materno. Tirava pela manhã e congelava. Fazia isso todo dia.


Voltei ao trabalho e parece que ela sabia que se não tomasse eu não estaria ali, aí ela começou a aceitar melhor e às vezes até tomava na mamadeira.


Na hora do almoço eu dava muito peito, era só eu chegar que ela queria bastante tetê. Os horários que eu estava em casa era muito peito, peito à vontade. Inclusive à noite. Até os 7 meses foi bem cansativo. Depois que ela passou a comer sólidos foi diminuindo.

Com 9 meses ela já comia bem e eu não precisei deixar mais leite, ela só tomava leite quando eu estava presente direto da “fonte”. Quando eu não estava comia, frutas, comida, tomava água, bastante água. E aí tudo ficou MUITO TRANQUILO e seguimos amamentando até hoje (1 ano e 5 meses) na maioria das vezes, apenas quando acorda e antes de dormir.

No próximo post vou falar sobre como armazenar o leite materno!

Deixe seu comentário